29 de janeiro de 2007

ocaso

[inoportunas lembranças]


Frida Kahlo, 1945, sin esperanza

Sem comentários: