6 de março de 2007

máquina

Marcel Duchamp, Jeune homme triste dans un train,1911–12. Oil on cardboard, 100x73 cm


Maquinista de profissão, António sonhava com o dia em que pudesse ser apenas maquinado.

2 comentários:

Eduardo disse...

Um inexplicável pudor faz-me resistir à tentação, que é grande, de comentar.

Pedro disse...

uma pena, esse teu pudor.